Odontologia para gestantes


Durante o período de gestação, ocorrem uma série de alterações no organismo da gestante que podem levar ao aparecimento de problemas dentários e gengivais. entre essas alterações, temos

• Maior consumo de doces, tendo como consequência uma maior tendência ao aparecimento de cárie e gengivite;
• Aumento da acidez na boca;
• A gestante passa a se alimentar com maior frequência;
• Diminuição nos cuidados com a higienização bucal, principalmente antes e depois do parto, quando a atenção da mãe está mais voltada para com a saúde do bebê.

A Gestante pode receber tratamento odontológicos ?
Obviamente que sim. Em qualquer idade gestacional, ela poderá ser atendida, embora o segundo trimestre (entre o 4º e o 6º mês) seja o momento mais oportuno, porque , nessa fase, ela se encontra num período de maior estabilidade. No 1º trimestre deve-se evitar o uso de medicamentos, pois o bebê ainda está se formando, e no 3º trimestre a mãe está numa maior ansiedade devido a aproximação do parto.
Existem riscos quanta à anestesia local ?
Não existe desde que o dentista conheça o efeito dos anestésicos e as alterações que ocorrem durante a gravidez. As gestantes podem apresentar uma elevação da pressão arterial e isso deve ser levado em conta. O dentista, juntamente com o ginecologista , deverá escolher o anestésico apropriado.
A gestante pode ser radiografada pelo dentista ?
Pode. No primeiro trimestre ( período da embriogênese ) , as radiografias devem ser evitadas. No caso de tomadas radiográficas serem imprescindíveis, o avental de chumbo deverá ser utilizado em qualquer fase gestacional.
As gengivas se inflamam mais?
A gravidez também não causa inflamação na gengiva. Apesar de haver uma maior vascularização do periodonto , a gravidez só afeta área inflamadas e, não , a gengiva sadia. Mais uma vez : é a presença da placa bacteriana é que causa a gengivite.
Existem cuidados especiais para higiene bucal ?
Os cuidados são os mesmos de uma mulher não grávida: limpeza diária dos dentes com uso adequado da escova e o fio / fita dental .A qualidade dessa limpeza é mais importante do que a freqüência.
Quando os dentes do bebê começam a se formar ?
Os dentes decíduos começam a se formar a partir da 6 semana e os dentes permanentes , a partir do 5 mês de vida intra-uterina. Dessa forma, condições desfavoráveis durante a gestação ( ex.: uso de medicamentos , infecções , carências nutricionais etc. podem trazer problemas nos dentes em fase de formação e mineralização.
Fonte: http://ivoleong.sites.uol.com.br/gest.htm